blank

Over 10 years we helping companies reach their financial and branding goals. Onum is a values-driven SEO agency dedicated.

CONTACTS

Por que realizar um projeto de instalação de gás residencial?

A cada dia mais comum em condomínios de casas ou apartamentos, o projeto de instalação de gás residencial é um passo necessário para assegurar o bom funcionamento do sistema de fornecimento. Estamos falando de um combustível, que demanda toda a atenção e cuidados necessários para garantir a segurança de todos os usuários.

Não basta somente construir a tubulação por onde passará o gás, é importante planejar cada etapa, cada peça, e é para isso que serve o projeto. Trata-se de um passo a passo que requer acompanhamento profissional. É por isso que contratar uma empresa especializada para realizar o projeto de instalação de gás residencial é o melhor caminho para um sistema seguro e eficaz.

Se você ainda tem dúvidas sobre o procedimento, acompanhe abaixo nosso artigo sobre o assunto.

Precisa de um projeto de instalação de gás residencial? CLIQUE AQUI

Qual o gás utilizado em residências?

projeto de instalação de gás residencial

Antes de mais nada, vale ressaltar que existem diferenças entre o gás natural (GN) e o gás liquefeito de petróleo (GLP). O gás lpl é aquele utilizado em botijões convencionais. O hábito de manter um botijão de gás dentro de casa, embora recorrente em residências, não é o melhor para a segurança do usuário, visto que qualquer problema pode ocasionar vazamentos ou até mesmo explosões.

Mas, esse gás também pode ser utilizado em tubulações. O GLP normalmente é armazenado em cilindros (muito comuns em condomínios) e canalizado até as residências. O gás natural são aqueles distribuídos pelas gasodutos nas ruas.

Ambos são gases incolores e inodoros, o que pode dificultar a identificação de possíveis vazamentos. Entretanto, isso não significa que sejam inofensivos. Inclusive, quando se trata de condomínios, é importante que haja um projeto de combate a incêndios, autorizado pelo Corpo de Bombeiros, a partir do qual também será possível identificar qual o gás mais indicado.

Quais os componentes do projeto de gás residencial?

O projeto de gás residencial engloba todos os componentes necessários para que o sistema funcione adequadamente. São eles:

  • Central de armazenamento de GLP – É onde ficam os cilindros de gás;
  • Rede primária – É a tubulação principal, que vai transportar o gás desde a central de armazenamento até o segundo registro, aquele que regula a distribuição;
  • Reguladores – Temos reguladores de primeiro e segundo estágio. O primeiro se localiza logo na saída de onde o gás fica armazenado. Já o segundo, no ponto onde vai iniciar a distribuição. É a rede primária que liga um ao outro. Sua principal função é controlar e reduzir a pressão para que esta seja adequada às diretrizes de consumo;
  • Rede secundária – É aquela que vai do regulador de segundo estágio até cada apartamento. Pode ser considerada uma rede individual, já que se caracteriza por ramificações que levam o gás a cada consumidor;
  • Medidor – É o painel que registra a quantidade consumida, de onde a companhia responsável fará as medições mensais para cobrança;
  • Registro – É a peça que permite fechar ou abrir o fluxo de gás;

O sistema se complementa com o equipamento final de cada usuário, que pode ser forno, fogão, aquecedores e outros. Também é importante que cada uma das peças de tubulação, bem como emendas e cotovelos constem no projeto, descritas e quantificadas.

Quais são as etapas do projeto de instalação de gás residencial?

O projeto precisa seguir algumas etapas e é importante se certificar de que nenhuma delas será ignorada. Lembre-se de que estamos falando de um sistema que será utilizado no dia a dia das pessoas, devendo perdurar por muito tempo (com as manutenções periódicas indicadas, é claro) e, portanto, precisa ser bem planejado e instalado.

O passo a passo para elaboração do projeto consiste no seguinte:

  • Definição do projeto – É nessa etapa que acontece o contato com a empresa que vai elaborar o projeto. Os engenheiros responsáveis, em conjunto com o cliente, determinam como deverá ser o sistema, com base nas necessidades específicas;
  • Definição do material – Os materiais necessários também são determinados. Como dissemos, é importante que sejam quantificados e descritos quanto a matéria-prima, dimensões e quaisquer outras características consideradas importantes;
  • Definição da rede – Os componentes da rede de gás são especificados. Também são determinados os critérios de segurança para uso do sistema;
  • Instalação – Uma vez definidas as ações e de posse do material necessário, é o momento de instalar a rede;
  • Teste – São realizados testes que permitem verificar o bom funcionamento do sistema. É nessa etapa que são identificados e corrigidos possíveis vazamentos e outros problemas.

Qual a importância de um projeto de gás residencial?

No projeto são previstas as demandas da unidade em questão. É com base nisso que acontecem as determinações a respeito de materiais e dimensões necessárias. As dimensões da tubulação determinadas no projeto vão ao encontro das reais necessidades do sistema, evitando-se assim uma série de problemas que poderiam ser provenientes de uma não compatibilidade.

Além disso, o projeto garante a observância de todas as leis e normas que regem os sistemas de gás residencial. A NBR 15526 é um exemplo desse tipo de legislação. Ela versa sobre os documentos necessários para a instalação do gás residencial, bem como a periodicidade para as inspeções. Existem também restrições com relação a por quais cômodos da casa a tubulação pode passar.

Ela precisa ainda estar a uma determinada distância de outras redes, como elétrica, hidráulica e esgotos. Outro aspecto importante diz respeito à ventilação dos ambientes onde ficarão alocados os fogões e outros equipamentos a gás. Ela deve ser contínua para não superaquecer o sistema e atenuar os riscos em caso de vazamento.

Quem contratar para fazer o seu projeto de gás residencial?

É impossível pensar em projeto de gás residencial sem se lembrar da RW Engenharia. Isso porque contamos com uma equipe de engenheiros altamente especializada, capaz de analisar, junto com você, qual o sistema ideal para a sua necessidade. A partir daí, realizamos o projeto.

O projeto de gás residencial é parte importante para garantir o funcionamento geral da casa. Trata-se de um sistema tão necessário quanto água encanada e rede de energia elétrica.

Está a procura de uma empresa séria e responsável para fazer o seu projeto? Entre em contato conosco e faça sua consulta.

Matérias Atualizadas Redigidas por Especialistas

Blog - Engethink

Compartilhar nas Redes Sociais

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email