blank

Over 10 years we helping companies reach their financial and branding goals. Onum is a values-driven SEO agency dedicated.

CONTACTS

A chegada do óxido nitroso na odontologia

Muitas pessoas, mesmo na idade adulta, ainda têm medo de ir ao dentista. Tal questão pode estar ligada a experiências negativas nesse sentido ou mesmo a uma associação à dor da anestesia. É aí que entra a importância do óxido nitroso na odontologia. Trata-se de um gás capaz de causar uma leve sedação no paciente durante o procedimento.

O gás flui através de uma tubulação específica e dentre as vantagens do seu uso podemos citar o fato de que os efeitos acontecem somente durante a administração e a maior tranquilidade do paciente diante do profissional, já que essa alternativa reduz a ansiedade. 

Quer entender melhor como aplicar a substância? Acompanhe nosso artigo sobre o assunto. 

PRECISA INSTALAR OXIDO NITROSO NA SUA CLÍNICA OU HOSPITAL? CHAME A ENGETHINK!

O que é o óxido nitroso?

óxido nitroso na odontologia

Estamos falando de um gás incolor e inodoro, capaz de reduzir a ansiedade do paciente já que causa sensação de euforia e retarda as reações do córtex cerebral. Os efeitos surgem imediatamente após a aplicação e não demoram a desaparecer ao término. Isso acontece porque nosso metabolismo não o sintetiza, já que ele é pouco solúvel no sangue.

De que forma ele pode ser aplicado na odontologia?

O uso do óxido nitroso em odontologia já é bem comum na América do Norte e na Europa e podemos dizer que vem se disseminando também no Brasil. Sua via de administração é inalatória e normalmente ele se associa ao oxigênio. Trata-se de uma leve sedação, na qual o paciente fica em estado de relaxamento, reduzindo a ansiedade o que auxilia no caso de pessoas com medo de ir ao dentista ou mesmo durante procedimentos de longa duração.

Vale lembrar que o óxido nitroso não substitui a administração de anestesias locais convencionais, ele atua mais no organismo do paciente, como um todo. Além disso, é importantíssimo manter o monitoramento dos sinais vitais do paciente durante a administração.

O óxido nitroso traz efeitos colaterais? 

Alguns pacientes podem sentir náuseas ou tontura durante ou logo após a administração do gás. Em alguns casos, pode haver vômitos. Normalmente, esses sintomas aparecem quando se inala o óxido nitroso muito rapidamente ou em quantidade excessiva. Em alguns casos, após o procedimento, administra-se oxigênio puro ao paciente para limpar o organismo do gás.

É importante também que, antes de atividades que exigem concentração, como dirigir, a pessoa espere um tempo para que os efeitos cessem. Há pacientes que podem ainda apresentar reações alérgicas, como febre e tremores. Nesses (raros) casos, o melhor a fazer é procurar atendimento médico imediato.  Vale lembrar que tais reações são incomuns e que o histórico clínico do paciente precisa ser considerado.

Que cuidados se deve tomar ao utilizar o óxido nitroso?

Primeiramente, o principal cuidado na aplicação do óxido nitroso diz respeito às instalações. É importante que elas sejam bem-feitas e estejam em dia quantos às manutenções para que não haja problemas, como vazamento ou obstrução. No mais, é necessário levar em conta a saúde geral do paciente, bem como possíveis alergias que ele já apresentou. O uso não é indicado, por exemplo, para pessoas que apresentam alguma disfunção no trato respiratório, como desvio de septo. Também não se recomenda para gestantes no primeiro trimestre.

Quais as vantagens do uso do óxido nitroso? 

O óxido nitroso é uma substância segura, cujos efeitos costumam desaparecer assim que o paciente para de inalá-lo. Os efeitos colaterais, caso aconteçam, também costumam desaparecer rapidamente.  Além disso, para a odontologia, ele representa um avanço, já que é possível ficar parcialmente sedado durante o tratamento dentário.  

Como funciona o sistema de óxido nitroso? 

Para instalar um sistema em sua unidade de tratamento ou consultório odontológico, é necessário contar com tubulação específica. Assim como o sistema de gases medicinais em geral, você vai precisar de uma central onde o gás se armazena em cilindros e tubos pelos quais ele flui até a saída, onde entra em contato com o paciente. Dependendo do seu trabalho, também podem haver tubos para outros gases, sendo que cada qual terá sua tubulação própria e deverá ser identificado por determinada cor.

Quem pode instalar o sistema de óxido nitroso?

Para fazer uma avaliação e instalação do sistema em seu consultório, é necessário contar com uma empresa especializada em engenharia. É importante observar se a mesma tem registro e autorização para realizar tal serviço e se há pelo menos um engenheiro responsável em seu quadro de funcionários. Também vale observar a experiência da empresa no mercado e seus cases de sucesso. O serviço profissional é garantia de qualidade e segurança.

Há empresas no mercado, como a Engethink, que realiza desde o projeto até a instalação do seu sistema de óxido nitroso. Outro serviço importante é a manutenção. Quando você conta com profissionais que realizam a vistoria do sistema periodicamente, conforme determinado por autoridade responsável da sua região, você fica em dia com a legislação e ainda sente a tranquilidade de ter a quem recorrer caso haja algum problema a qualquer tempo.

Quais os riscos de uma instalação incorreta?

Uma instalação incorreta de óxido nitroso pode ocasionar uma saída do gás em maior quantidade que o indicado, o que colocaria em risco a saúde do paciente. Também, profissionais que trabalham por longos períodos em ambientes onde o gás está espalhado no ar, podem ser acometidos por superdosagens, que são bem prejudiciais.

Quem recebe uma dose alta do óxido nitroso está sujeito a falta de ar, irritação nos olhos e garganta, ou mesmo eventos mais graves como convulsões, ataque cardíaco ou acidente vascular cerebral, podendo evoluir até mesmo para coma ou morte, caso o paciente não seja tratado a tempo.

Vale lembrar que uma overdose por vazamento do fluído pode ser praticamente descartada quando o sistema foi bem instalado e está com as manutenções em dia. Além disso, sempre que houver suspeita de vazamentos, a empresa responsável pela manutenção do sistema deve ser acionada.  

Resumidamente, o óxido nitroso tem papel importantíssimo na odontologia. Se você quer implantá-lo em seu consultório, contrate uma empresa especializada e conte com todas as vantagens de oferecer modernidade e inovação aos seus pacientes.

PRECISA INSTALAR OXIDO NITROSO NA SUA CLÍNICA OU HOSPITAL? CHAME A ENGETHINK!

Matérias Atualizadas Redigidas por Especialistas

Blog - Engethink

Compartilhar nas Redes Sociais

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email