blank

Over 10 years we helping companies reach their financial and branding goals. Onum is a values-driven SEO agency dedicated.

CONTACTS

10 Equipamentos hospitalares essenciais em um hospital

Em uma instituição hospitalar, é importante que todos os equipamentos hospitalares estejam em ótimas condições e com disponibilidade total para serem usados no momento certo. E essa premissa também se estende a outras instalações, mesmo que tais itens não sejam considerados diretamente relacionados ao atendimento ao paciente. 

Para atender adequadamente os pacientes, destacam-se alguns equipamentos hospitalares que devem estar sempre disponíveis. Em alguns casos, vale a pena até mesmo ter unidades de reposição para que possam ser usadas no caso de falha no equipamento de uso regular. E isso não implica necessariamente em mais custos, pois é possível encontrar unidades usadas, que podem ser uma excelente solução para ter uma boa reserva sem que o orçamento do hospital seja afetado.

Para ajudá-lo, listamos abaixo 10 dos principais equipamentos hospitalares, que não podem faltar em seu hospital.

10 equipamentos hospitalares essenciais:

equipamentos hospitalares

1. Monitores cardíacos

Trata-se de um dispositivo usado para medir os sinais vitais dos pacientes. As informações podem ser visualizadas no visor ou na tela LCD, usando indicadores de diferentes tipos, como letras, números, gráficos, símbolos, etc. As medições feitas podem ou não ser transmitidas aos processadores ou bancos de dados para análise. É usado para avaliar:

2. Lâmpadas cirúrgicas 

Não é segredo para ninguém que ambientes hospitalares ou laboratoriais precisam ser bem iluminados. A luz deve oferecer claridade suficiente no campo de trabalho, ao mesmo tempo que não aumenta a temperatura do local. Deve ser branca para evitar alterações na coloração dos tecidos. Normalmente, usa-se led que, embora represente um investimento maior, precisa ser substituído com menor frequência.

3. Leitos para pacientes

Em um hospital, há sempre uma capacidade máxima de leitos, macas, mesas cirúrgicas, etc., e todas elas devem estar sempre em condições ideais para serem usadas assim que necessário. Por esse motivo, é conveniente contar com unidades de reposição.

4. Esterilizadores

Objetos hospitalares são normalmente esterilizados em autoclave. Tais estufas estão disponíveis no mercado em diversos tamanhos e modelos. Ficar sem autoclave, ainda que por um breve intervalo deve ser algo considerado totalmente fora de cogitação.

5.- Eletrocardiógrafos

O eletrocardiógrafo é outro item de primeira necessidade. Ele deve funcionar perfeitamente e geralmente é necessário ter disponibilidade de mais de um, pois pode ser que mais de um paciente precise de tal dispositivo ao mesmo tempo.

6. Equipamento para testes de estresse

Eles são usados ​​para realizar testes de estresse para diferentes tipos de diagnóstico. Podem servir tanto para uma avaliação geral da saúde do paciente quanto para detectar doenças cardiovasculares.

7. Aparelhos de anestesiologia

Há diversos procedimentos médicos que demandam o uso de anestesia. Ainda que se trate de algo mais simples, é importante cuidar para que tudo seja realizado com segurança e responsabilidade.

8. Desfibriladores

São usados ​​para enviar impulsos elétricos aos pacientes, a fim de restaurar a função cardíaca em casos como arritmias e taquicardias. Não importa o porte do hospital, trata-se de algo que não pode faltar.

9. Equipamentos para ultrassonografia

Trata-se de uma forma de avaliar as partes internas do corpo do paciente de forma indolor e não invasiva. Podem ser considerados uma ótima alternativa aos raios-X.

10. Unidade de eletrocirurgia

É usada para cortar, remover ou coagular tecidos moles. Funciona a partir da transformação de energia elétrica em calor. Também deve estar sempre em boas condições e ser usado por pessoas capacitadas.

E você? Já conta com todos esses equipamentos em seu hospital? Deixe seu comentário abaixo com dúvidas ou sugestões.


contato para instalar gases medicinais

Matérias Atualizadas Redigidas por Especialistas

Blog - Engethink

Compartilhar nas Redes Sociais

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email